Ações europeias fecham em leve baixa; bancos recuam

LONDRES (Reuters) - As bolsas de valores europeias mostraram fraqueza nesta segunda-feira, com mais dúvidas sobre a recuperação econômica após dados do Japão e dos Estados Unidos, embora os volumes negociados tenham sido baixos.

O FTSEurofirst 300, índice que reúne as principais ações da região, caiu 0,12 por cento, a 1.044 pontos.

O setor bancário esteve entre os destaques, com Credit Suisse, Deutsche Bank e Royal Bank of Scotland em queda de 1,6 a 2,5 por cento.

"Muitos dos dados estão mostrando que há alguma desaceleração. Isso pode atrasar a recuperação de empregos em alguns trimestres, mas nossa visão é que não iremos cair numa completa recessão", disse Richard Lacaille, vice-presidente de investimentos da State Street, em Londres.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou com variação positiva de 0,01 por cento, a 5.276 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX encerrou estável, a 6.110 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,37 por cento, a 3.597 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,31 por cento, para 20.409 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 caiu 0,17 por cento, a 10.258 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 subiu 0,35 por cento, para 7.325 pontos.

(Por Brian Gorman)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.