As ações da Petrobras foram as únicas a ficarem abaixo do ¿?ndice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) nos últimos 12 meses, segundo estudo realizado pela Economatica

selo

As ações da Petrobras foram as únicas a ficarem abaixo do ¿?ndice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) nos últimos 12 meses, segundo estudo realizado pela Economatica. A consultoria analisou a rentabilidade mês a mês de 340 ações do mercado brasileiro de novembro do ano passado a outubro de 2010 (até o fechamento da sexta-feira).

A conclusão é de que a ação ordinária (ON, com direito a voto) da estatal não conseguiu ganhar do Ibovespa (índice que reúne as ações mais negociadas na Bolsa) em nenhuma ocasião. A ação preferencial (PN, que tem prioridade na distribuição de dividendos) da estatal é a segunda menos eficiente, segundo a Economatica.

No mesmo período, as ações Petrobras PN ganharam do Ibovespa somente em uma oportunidade, em novembro de 2009. Nos outros 11 meses o desempenho foi pior que o do índice. Ainda segundo a Economatica, o estudo levou em consideração a distribuição de dividendos e o ganho calculado e o real, considerando reinvestimento dos dividendos na compra de novas ações da empresa.

Só no mês de outubro, por exemplo, enquanto o Ibovespa registrou alta de 3,23%, as ações ordinárias da Petrobras tiveram queda de 5,92% e as preferenciais, baixa de 5,79%. Todo o ano de 2010, especialmente os últimos dois meses, foram marcados pelo processo de capitalização da estatal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.