Bovespa inicia outubro em alta

Ibovespa fecha a segunda-feira em alta de 0,67%, aos 59.570,80 pontos. Dólar cai 0,08%

Agência Estado |

Agência Estado

O mês de outubro começou mais leve para a Bovespa. Depois de perder 3,50% na semana passada, nesta segunda-feira o ambiente externo favorável, embalado por indicadores de atividade positivos na Europa e nos Estados Unidos, permitiu que a Bolsa doméstica se recuperasse. O resultado só não foi melhor porque, no fim dos negócios, as ações da Vale desaceleraram os ganhos e encerraram no vermelho. O movimento de correção beneficiou empresas de diversos setores, como siderúrgico e financeiro.

Leia mais: Ações da Gol disparam 10% na Bovespa

O Ibovespa encerrou a sessão de hoje em alta de 0,67%, aos 59.570,80 pontos. Durante o pregão, o principal índice de Bolsa chegou a operar acima do patamar dos 60 mil pontos, mas não se sustentou. Na máxima do dia, alcançou 60.216 pontos (+1,76%), e, na mínima, mostrou leve queda de 0,01%, aos 59.171 pontos. No ano, a Bolsa acumula ganho de 4,96%. O volume negociado totalizou R$ 6,003 bilhões. Os dados são preliminares. No câmbio, o dólar comercial fechou em baixa de 0,08%, vendido a R$ 2,026.

"Hoje o mercado como um todo está se recuperando após a queda de sexta-feira", avalia o sócio-diretor da Título Corretora, Marcio Cardoso. Das 69 ações que compõem a carteira teórica do Ibovespa, apenas 16 contrariaram a tendência positiva.

Petrobras ON encerrou em alta de 0,21%, e as PN, subiram 0,63%, em linha com o leve ganho dos preços do petróleo no mercado internacional. Na Nymex, os contratos para entrega em novembro fecharam com alta de 0,31%, a US$ 92,48 o barril.

As ações da Vale perderam fôlego e viraram ao fim do pregão, fechando em queda de 0,44% as ON e 0,09% as PNA.

Apesar do resultado positivo de hoje da Bovespa, Cardoso acredita que a alta não representa uma tendência para esta semana. "Hoje subiu mas o giro não foi essas coisas, com pouco volume de negócios é mais fácil subir", pondera o profissional. Para ele, outubro promete ser mais volátil do que o mês passado, por conta da abertura da safra de balanços do terceiro trimestre de empresas internacionais e dos indicadores econômicos que serão divulgados na Europa.

Em Wall Street, o índice Dow Jones registrou ganho de 0,58% e o S&P500 subiu 0,27%. Já o Nasdaq recuou 0,09%.

Hoje pela manhã foi divulgado o índice de atividade industrial dos EUA de setembro, que agradou o mercado e ampliou os ganhos em Nova York e no Brasil. Também saíram os números de atividade europeus, que apesar de ainda demonstrarem contração na zona do euro, vieram melhores do que o esperado.

Leia tudo sobre: bovespabolsa

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG