Taxa média de juros recua para 30,1% em agosto

No cheque especial, os juros recuaram de 151% ao ano em julho para 148,6% ao ano em agosto, segundo o Banco Central

Agência Estado |

Agência Estado

A taxa média de juros no crédito livre recuou de 30,7% ao ano em julho para 30,1% ao ano em agosto, informou nesta quarta-feira o Banco Central. Este é o sexto mês consecutivo de queda na taxa média de juros.

Para a pessoa física, a taxa média de juros recuou de 36,2% ao ano em julho para 35,6% no mês passado. Os juros para a pessoa jurídica também caíram, passando de 23,6% para 23,1% anuais, no mesmo período.

Estoque de crédito cresce 1,2% em agosto ante julho

As três principais linhas de crédito para pessoa física monitoradas pelo BC registraram queda nas taxas na comparação mensal. No cheque especial, os juros recuaram de 151% ao ano em julho para 148,6% ao ano em agosto. No crédito pessoal a queda foi de 39,9% para 39,4% no mesmo período. Já no crédito para veículos, o recuo foi de 21% para 20,5% anuais na mesma base de comparação.

De acordo com dados do BC, o spread bancário médio do crédito livre recuou de 23 pontos porcentuais (pp) em julho para 22,5 pp em agosto. Esta foi a sexta vez consecutiva em que o spread recuou no País. No ano até agosto, a redução do spread já é de 4,4 pontos porcentuais. Nos últimos doze meses encerrados no mês passado, o recuo é de 5,3 pontos porcentuais.

O spread médio da pessoa física foi o que apresentou maior redução na passagem de julho para agosto (-0,7pp), passando de 28,4 pontos porcentuais para 27,7 pontos porcentuais em agosto. Em doze meses até o mês passado, a queda já está em 6,7 pp.

Já o diferencial da taxa para pessoa jurídica oscilou apenas -0,3 ponto porcentual, passando de 16 pontos porcentuais para 15,7 pontos porcentuais em agosto. Em 12 meses até agosto, o recuo para esse segmento é de 3,3 pontos porcentuais.

O Banco Central informou ainda que em agosto a taxa geral de captação dos bancos nas operações de crédito livre recuou 0,1 ponto porcentual, para 7,6 pontos porcentuais em agosto.

Leia tudo sobre: ECONOMIAjurosfinanciamentocrédito

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG