Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Vendas da GM subiram e puxaram as bolsas dos EUA

SÃO PAULO - As bolsas de valores americanas fecharam em alta ontem, após a montadora General Motors (GM) surpreender o mercado com vendas melhores que o esperado em junho. As ações da GM subiram 2,2% e foram o catalisador de uma recuperação do mercado na parte da tarde. Ações do setor financeiro também ajudaram o mercado ao reverter a queda assim que investidores iniciaram uma caça às barganhas.

Valor Online |

O índice Dow Jones teve alta de 0,28%, a 11.382 pontos. O Standard & Poor´s 500 subiu 0,38%, a 1.284 pontos. O Nasdaq avançou 0,52%, para 2.304 pontos.

O modesto avanço deu às ações um começo de trimestre positivo, depois que o Dow encerrou o primeiro semestre com o pior desempenho desde 1970.

O UBS elevou o recomendação das companhias de cartão de crédito American Express, Capital One Financial e Discover Financial Services de venda para neutro . Mas preocupações com a inflação continuaram pesando sobre o mercado. Os preços do petróleo nos EUA fecharam com novo recorde diante de tensões no Oriente Médio e de um relatório da Agência Internacional de Energia.

O principal índice das ações européias fechou em baixa de 2,1%, atingindo o menor nível desde outubro de 2005, com a preocupação sobre baixas contábeis no setor bancário e medo de inflação causado pela alta do petróleo. O FTSEurofirst 300 recuou para 1.176 pontos. Com queda em sete das últimas dez sessões, o índice já caiu 22% em 2008.

Os bancos tiveram mais um dia ruim, com o UBS registrando a menor cotação em 10 anos, com queda de 5,3%, e o Deutsche Bank em queda de 4,2%. O setor foi influenciado por rumores de que os resultados do segundo trimestre podem trazer novas baixas contábeis pesadas.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em baixa de 2,6%, a 5.479 pontos. Também recuaram as bolsas de Frankfurt (1,6%), Paris (2,11%), Milão (1,88%), Madri (2,29%) e Lisboa (4,69%).

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG