F - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Taxas dos DIs se ajustam para baixo hoje na BM F

SÃO PAULO - O contratos de Depósitos Interfinanceiros (DIs) registram baixa expressiva das taxas hoje, influenciados pela depreciação do dólar nesta jornada, bem como pelo humor mais equilibrado dos investidores nesta jornada. O nível de aversão a risco, portanto, não está tendo efeitos drásticos para os contratos de longo prazo, como ocorreu na última semana.

Valor Online |

Há pouco, o contrato de DI com vencimento para janeiro de 2010 recuava 0,52 ponto percentual, para 16,50%. Janeiro 2011 tinha baixa de 0,42 ponto, a 17,28%. E janeiro 2012 apontava 14,06%, desvalorização de 0,27 ponto percentual.

Na ponta curta, dezembro de 2008 marcava 13,92%, queda de 0,20 ponto. O DI para janeiro de 2009 era negociado a 14,03%, declínio de 0,41 ponto.

Segundo Pedro Paulo Silveira, economista-chefe da corretora Gradual, os ajustes dos contratos de vencimento mais próximo têm influência do comportamento do dólar, que opera em baixa de mais de 3% nesta tarde.

O leilão de linha do BC, com três vencimentos ofertados simultaneamente às 11h15, e outro de swap cambial, encerrado há pouco, contribuem para o comportamento das taxas.

Quanto menor a cotação da moeda, menor é risco de repasse inflacionário para os preços. Com isso, menor é também a expectativa em relação à possibilidade alta do juro básico do país. O mercado continua dividido sobre a possibilidade de continuidade ou interrupção do ciclo de aumento da Selic. A decisão será conhecida na noite de quarta-feira.

Para os vencimentos mais distantes no tempo, a partir de 2010, a influência principal vem do nível de estresse e incerteza externa. É nesses contratos que os estrangeiros costumam zerar posições quando a aversão a risco é grande, como aconteceu na semana passada. Hoje o ritmo é de ajuste dos exageros e o clima é um pouco menos tenso.

O aumento das vendas de casas novas nos Estados Unidos, de 2,7% em setembro, devolveu um pouco de otimismo aos agentes financeiros. O Dow Jones exibe agora alta de 0,58% e o Standard & Poor´s 500 sobe 0,18%
(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG