Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Setor financeiro e petróleo puxaram baixa das ações

SÃO PAULO - As bolsas de valores americanas fecharam em queda na sexta-feira, com temores sobre a situação das duas grandes concessoras de hipotecas Freddie Mac e Fannie Mae. Além disso, os altos preços do petróleo - que bateram novo recorde - nublaram a perspectiva econômica.

Valor Online |

O índice Dow Jones teve baixa de 1,14%, a 11.100 pontos. O Standard & Poor´s 500 caiu 1,11%, a 1.239 pontos. O Nasdaq perdeu 0,83%, a 2.239 pontos.

A queda fechou uma semana tumultuada, em que o S & P 500 juntou-se ao Nasdaq e ao Dow no chamado bear market (mercado urso, com tendência de baixa). Esta foi a sexta queda semanal consecutiva do Nasdaq e do S & P 500, a maior sequência de baixas semanais desde 2004.

Investidores mostraram preocupação de que os dois pilares do mercado imobiliário americano podem ficar sem capital, colocando a economia, já frágil, em risco ainda maior.

Um salto nos preços do petróleo acima de US$ 147 por barril acrescentou mais mau humor ao cenário, com preocupações sobre o impacto dos altos custos de combustíveis sobre os gastos do consumidor e os resultados corporativos.

As bolsas européias despencaram, com ações financeiras atingidas por mais um evento negativo no setor. O índice europeu de blue chips FTSEurofirst 300 perdeu 2,51%, para 1.127 pontos, menor fechamento desde junho de 2005. O índice perdeu 3,0% na semana e 25% desde o início do ano.

O mercado tem sido pressionado e a tendência de queda continua , disse Christian Schmidt, analista do banco alemão Helaba.

Na Europa, o banco francês Credit Agricole caiu 2,5%. O Royal Bank of Scotland (RBS) recuou 8,6% após notícias que a Zurich Financial Services desistiu de participar do leilão do setor de seguros do RBS, o maior banco da escócia.

As ações de energia tiveram alta, com os preços do petróleo superando o recorde de US$ 147 por barril.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em baixa de 2,69%, a 5.261 pontos. O DAX, de Frankfurt, caiu 2,41%, para 6.153 pontos. Na bolsa de Paris, o CAC-40 baixou 3,09%, para 4.100 pontos. Em Milão, o índice Mibtel teve desvalorização de 2,48%, a 21.351 pontos. Também recuaram as bolsas de Madri (3,03%) e Lisboa (2,55%).

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG