SÃO PAULO - Depois de um pregão instável na quarta-feira, com dados de inflação divergentes, os contratos de juros futuros voltam a apontar para cima na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F). O acúmulo de prêmio acontece na ausência de indicadores internos e em meio a um cenário externo tranqüilo.

Há pouco, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2009 subia 0,06 ponto, a 13,47%. O DI para janeiro de 2010 operava com ganho de 0,04 ponto, para 15,04%. Janeiro 2011 registrava estabilidade a 15,04%. E janeiro 2012 apontava 14,87%, recuo de 0,01 ponto.

Entre os contratos mais curtos, agosto de 2008 avançava 0,04 ponto, para 12,42%. O vencimento para setembro de 2008 apontava valorização de 0,07 ponto para 12,65%. E o DI para outubro de 2008 tinha elevação de 0,05 ponto, apontando 12,83%.

A cautela começa a aumentar conforme se aproxima a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). Na semana que vem, o colegiado do Banco Central (BC) decide o tamanho do ajuste na Selic. Os agentes estão divididos entre 0,5 ponto percentual e 0,75 ponto percentual.

Segundo o Unibanco, apesar do recente alívio nos índice de preços, os riscos de inflação ainda permanecem elevados. Sinal disso foi a surpresa negativa com o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10), que avançou mais do que esperado, refletindo, primariamente, a alta dos alimentos.

Afirmando que ainda é cedo para uma postura otimista, o Unibanco acredita que o recuo, mesmo que na margem, dos índices de preços ao consumidor podem ajudar a conter as expectativas de inflação.

Os economistas da instituição acreditam que o BC manterá o passo de 0,5 ponto percentual por reunião estendendo o ajuste até o primeiro trimestre de 2009. Encerrado o ciclo de alta, a Selic estaria em 15,25% ao ano. Atualmente, a taxa está em 12,25%, depois de dois apertos de 0,5 ponto percentual, um efetuado em abril e outro em junho.

O Tesouro Nacional realiza hoje leilão de venda de Letras do Tesouro Nacional (LTN), Letras Financeiras do Tesouro (LFT) e Notas do Tesouro Nacional Série F (NTN-F). As propostas serão tomadas das 12h às 13h, com operação especial das 15h às 15h30.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.