Tamanho do texto

SÃO PAULO - A primeira semana de novembro chega ao fim com relevantes indicadores na agenda do dia. O foco está voltado para os Estados Unidos, onde o Departamento de Trabalho divulga o relatório sobre o mercado de trabalho em outubro.

A previsão é de mais um mês com fechamento de vagas, de perda de 180 mil a 200 mil postos de trabalho, seguindo retração de 159 mil em outubro. Para a taxa de desemprego, a projeção é de alta de 6,1% para 6,3%.

A agenda externa ainda reserva os estoques no atacado, as vendas pendentes de imóveis e o crédito ao consumidor.

Por aqui, o foco está na inflação. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresenta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de outubro. A estimativa é de alta de 0,37%, avançando de 0,26%.

Para a semana que vem, a atenção recai nos balanços trimestrais de empresas brasileiras, entre elas Petrobras, Banco do Brasil e Eletropaulo. Entre os indicadores, saem os preços de importação e venda no varejo dos EUA.

(Eduardo Campos | Valor Online)