Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Investidores olham nesta quarta-feira para IGP-M e balanços

SÃO PAULO - Inflação no front doméstico e mercado de trabalho nos Estados Unidos fazem a agenda da quarta-feira. Logo cedo, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) trouxe o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), que subiu 1,76% em julho. A previsão era de que o indicador ficasse em 1,83%.

Valor Online |

Ainda na agenda interna, o Banco Central (BC) apresenta a nota de política fiscal, com o superávit primário e a relação dívida/PIB. A Fiesp apresenta os indicadores da indústria paulista.

Nos Estados Unidos, o dado mais relevante é a criação de postos de trabalho em julho medida pela ADP, empresa que processo folhas de pagamento. A estimativa é de que o indicador aponte o fechamento de 60 mil vagas no mês, seguindo 79 mil registrados em junho.

Os dados oficiais, do Departamento de Trabalho americano, saem na sexta-feira e a expectativa é de fechamento de 75 mil postos, seguindo retração de 62 mil observada em junho.

Hoje nos EUA serão apresentadas as solicitações semanais por empréstimos hipotecários e os estoques de petróleo e derivados.

Atenção também para os balanços trimestrais do Banco Daycoval, Energias do Brasil, Iochpe-Maxion, Terna Participações, UOL, Vivo, Sadia, JBS, SLC Agrícola e Cosan.

No exterior estão previstos os resultados da ArcelorMittal, Avon, Bayer, Energias de Portugal, Loyds TSB, MAN AG, Parmalat SpA, Rhodia, Siemens, Starbucks, Visa e Walt Disney.

Na quinta-feira, a atenção fica divida entre a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) e a primeira preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano no segundo trimestre. A sexta-feira concentra a produção industrial brasileira, o resultado da balança comercial e os gastos com construção nos EUA.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG