Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Índice futuro aponta sessão de queda na Bovespa

SÃO PAULO - A quinta-feira pode ser de baixa na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Os investidores estão atentos aos desdobramentos referentes ao plano de resgate ao setor financeiro dos Estados Unidos.

Valor Online |

Por ora, a cautela impera e tal sinalização é dada pelo índice futuro. Há pouco, o Ibovespa com vencimento em outubro cedia 2,20%, para 48.900 pontos, na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F).

Em Wall Street a indicação também é de baixa. Ontem à noite, o senadores aprovaram a nova versão do plano, que, além dos US$ 700 bilhões para o setor financeiro, trouxe outras medidas como menor tributação para consumidores e empresas e maior garantia para depósitos. A vitória foi ampla, com 74 votos a favor e 25 contra.

Agora, o projeto volta para a Câmara dos Representantes. Os deputados analisam a proposta do Senado e devem votar a medida amanhã. Na segunda-feira, os representantes da Câmara americana derrubaram o plano original por 228 votos a 205, causando pânico nos mercados ao redor do mundo.

Apesar da vitória no Senado, os investidores seguem questionando a eficácia do plano para restabelecer o funcionamento dos mercados de crédito.

Na sessão de ontem, a expectativa quanto à votação determinou o rumo dos negócios. Por aqui, a melhora de humor no final do dia puxou uma alta de 0,52% para o Ibovespa, que encerrou o pregão aos 49.798 pontos. O giro financeiro somou R$ 5,03 bilhões.

Em Wall Street, as vendas recuaram, mas os indicadores ainda assim fecharam o dia em baixa. Dow Jones perdeu 0,18%, enquanto o Nasdaq cedeu 1,07%.

Na Europa, a quinta-feira é de alta, com destaque para os bancos. Os investidores também aguardam o pronunciamento do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, sobre política monetária. Conforme o esperado, o BCE manteve o juro da região estável em 4,25%.

Na Ásia, o dia acabou sem tendência definida.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG