SÃO PAULO - O pessimismo em Wall Street permanece nesta tarde e empurra ainda mais para baixo o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), que cai 9,70%, para 37.535 pontos perto de um novo circuit breaker.

O giro financeiro de R$ 3,993 bilhões.

O dólar comercial continua em valorização mesmo com atuações de vários tipo realizadas pelo Banco Central (BC). Há pouco a divisa subia 4,10%, cotada a R$ 2,177 para a compra e R$ 2,179 para a venda.

O BC já ofertou moeda à vista, já fez leilão na modalidade de linha, com compromisso de recompra, e colocou US$ 600 milhões e já vendeu US$ 1,282 bilhão em contratos de swap cambial. Logo mais, a autoridade monetária vai ofertar outros US$ 400 milhões em leilão de linha.

O mercado avalia que o BC está atuando para dar equilíbrio à demanda, mas sem intenção de alterar a trajetória da moeda. "O Banco Central está tentando fornecer liquidez sem alterar a dinâmica, está sendo neutro", diz Flávio Serrano, economista-sênior do BES.

O pregão já amanheceu contagiado pelo pessimismo externo. Indicadores econômicos mostrado atividade fraca, como as vendas no varejo dos EUA, dão o tom dos negócios. Passada a euforia com os planos para sanar a crise financeira, os agentes lidam agora com os efeitos mais demorados de tais decisões para o lado real da economia.

(Bianca Ribeiro | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.