SÃO PAULO - A ajuda do governo dos Estados Unidos à montadora General Motors anima as principais bolsas de valores européias. A valorização contagia as demais empresas do setor e impulsiona os negócios - esvaziados com a proximidade da virada do ano.

Em Londres, o índice FTSE das 100 principais ações ganhava 1,32%, aos 4.376 pontos. O CAC-40, da Bolsa de Paris, subia 1,26%, para 3.170 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX dos 30 papéis mais negociados avançava 2,24%, aos 4.810 pontos. Nessa praça, os negócios são estimulados antes da virada do ano, pois a partir de 1 de janeiro os investidores terão de pagar mais impostos sobre os ganhos acionários. Por isso, há uma certa corrida às compras hoje, principalmente de papéis considerados barganhas, como os dos setores de tecnologia e financeiro. As ações da Infineon e do Deutsche Bank, por exemplo, avançam 10% e 4%, respectivamente.

O Tesouro americano aportará US$ 5 bilhões na GMAC, braço financeiro da General Motors que virou banco. Também emprestará US$ 1 bilhão para a GM comprar ações da GMAC. Depois da notícia, as ações de montadoras passaram a subir. Na Alemanha, Porsche e Daimler ganham 4%. Em Paris, Peugeot sobe mais de 3%.

Ainda sob o efeito da valorização de ontem de petróleo e metais, as empresas do setor de commodities continuam em alta hoje. Em Londres, a petroleira BP sobe 1,2%.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.