Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Emprego e empresas derrubaram ações nos EUA ontem

SÃO PAULO - As bolsas americanas fecharam em queda ontem, puxadas pela Exxon Mobil após seus resultados saírem abaixo do esperado pelo mercado e dados econômicos frustrantes revivendo os temores de uma recessão.

Valor Online |

O índice Dow Jones teve baixa de 1,78%, a 11.378 pontos. O Standard & Poor´s 500 caiu 1,31%, a 1.267 pontos. O Nasdaq recuou 0,18%, a 2.325 pontos.

Mesmo com o declínio desta sessão, o Dow e o Nasdaq fecharam o mês em alta, ajudados pelo pior mês para o petróleo desde dezembro 2004. O S & P 500 fechou o mês com baixa de 1%.

A queda dos lucros da Exxon Mobil, junto com um recuo de 2% dos preços do petróleo, derrubaram as ações da gigante petrolífera, que perderam 5%. Um índice de ações energética caiu 2,7%.

Relatórios do governo mostrando um crescimento no segundo trimestre abaixo do esperado e um avanço no número de americanos pedindo o auxílio desemprego deteriorou o sentimento do mercado e deixou os investidores incertos sobre o relatório sobre o emprego de julho, a ser divulgado hoje.

O principal índice de ações européias fechou praticamente estável, em uma sessão volátil após dados econômicos nos Estados Unidos e uma série de resultados corporativos no continente.

O índice FTSEurofirst 300 teve variação positiva de 0,05%, a 1.180 pontos. Os lucros corporativos não tiveram tendência definida. O banco britânico HBOS surpreendeu investidores com um resultado melhor que o esperado no primeiro semestre. As ações da instituição subiram 7,1%.

Já o setor de alimentos foi o principal destaque negativo após a Unilever divulgar lucro de baixa qualidade no segundo trimestre, de acordo com analistas.

As ações da empresa caíram 8% em Londres, derrubando as concorrentes Danone e Nestlé em 0,9% e 2,2%, respectivamente.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,16%, a 5.411 pontos. O DAX, de Frankfurt, subiu 0,3%, para 6.479 pontos. Na bolsa de Paris, o CAC-40 caiu 0,19%, para 4.392 pontos. Houve queda de 0,37% em Milão. Subiram as bolsas de Madri (0,54%) e Lisboa (0,42%).

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG