Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Dólar testa novas mínimas desde 1999 a R$ 1,578

SÃO PAULO - A moeda norte-americana registra nova mínima ante o real e passa a valer menos de R$ 1,58. Em baixa desde o começo dos negócios, o dólar comercial encerrou o dia a R$ 1,576 na compra e R$ 1,578 na venda, queda de 0,69%. O valor é o menor registrado desde 19 de janeiro de 1999, quando a moeda fechou a R$ 1,558.

Valor Online |

Na roda de pronto da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BMF), a moeda encerrou com desvalorização de 0,52%, negociada a R$ 1,5808. O volume financeiro somou US$ 380,25 milhões.

Segundo o operador de mercados futuros da Terra Futuros, Daniel Negrisolo, além da maior oferta de dólares no mercado, outro componente que estimula a baixa de preço da moeda estrangeira é a inflação no mercado interno. A alta nos preços alimenta a expectativa de uma atuação mais agressiva do Comitê de Política Monetária (Copom), e quanto maior a taxa de juros interna, mais atrativo o investimento no país.

Nesta semana o Banco Central define o ajuste na taxa básica de juros e os agentes estão divididos entre alta de 0,5 ponto ou 0,75 ponto percentual. Atualmente a Selic é de 12,25% ao ano.

Além da questão envolvendo o diferencial de juros interno e externo, a formação da taxa de câmbio também reflete uma reversão das posições compradas (aposta de alta do dólar) que foram montadas ao longo da semana passada.

Segundo Negrisolo, a queda acentuada no preço das commodities, em especial do petróleo, levou alguns agentes a apostar na valorização do dólar ante o real. No entanto, a queda de preço nas matérias-primas não se confirmou como tendência e isso levou os gestores a zerar suas posições.

No curto prazo não tem notícia capaz de fazer o dólar mudar de direção, afirma o especialista, lembrando que mesmo com o aumento no déficit em transações correntes e a saída de bilhões de dólares da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) a moeda não teve força para ganhar valor sobre o real.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG