Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Dólar tem novo dia de alta e fecha a R$ 1,584

SÃO PAULO - A moeda norte-americana registrou novo pregão de alta ante o real e voltou a ser negociado acima do patamar de R$ 1,580. Ao contrário do pregão de ontem, as compras foram sustentadas, mantendo a moeda em alta desde o começo dos negócios.

Valor Online |

Ao final da quarta-feira, o dólar comercial era negociado a R$ 1,582 na compra e R$ 1,584 na venda, com valorização de 0,31%.

Na roda de pronto da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F) a moeda encerrou com alta de 0,32%, também negociada a R$ 1,584. O volume financeiro somou US$ 426,5 milhões.

Para o diretor-executivo da NGO Corretora de Câmbio, Sidnei Moura Nehme, a valorização da moeda, hoje, é pouco indicativa e deve ser encarada como um movimento técnico.

Mas para a semana que vem, Nehme acredita que o dólar possa subir mais um pouco, refletindo as remessas de lucros de dividendos para o exterior. Além da taxa atrativa, o encerramento dos balanços semestrais também favorece tal movimento.

O diretor também indica que os agentes aguardam a decisão sobre a taxa de juros brasileira. Nehme acredita que o Banco Central optará por um novo aumento de 0,5 ponto percentual no juro básico, elevando a Selic de 12,25%, para 12,75% ao ano.

Na sua avaliação, dado o perfil de inflação, concentrada em alimentos, a taxa de juros tem pouco efeito no controle de preços. Esse é um problema que só se resolve com aumento da oferta, diz.

Pelo lado da demanda, o diretor acredita que os próprios agentes financeiros podem conter o crédito, pois o avanço da inadimplência torna o sistema mais seletivo.

Avaliando o cenário para o câmbio, Nehme acredita que o ponto de equilíbrio da taxa está em R$ 1,600. Ambiente para o dólar ir para baixo tem, mas existe uma consciência de que os estragos podem ser muito grandes, afirma.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG