Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Dólar descola da cena externa e desaba 4,13%, para R$ 2,270

SÃO PAULO - Depois do susto de ontem, quando o dólar teve um repique de alta nos instantes finais de pregão, uma correção de preço deu o tom nos negócios nesta sexta-feira. Mas, ainda assim, a divisa fecha a semana acumulando alta de 5,09%.

Valor Online |

Operando em forte baixa desde o começo do pregão, o dólar comercial fechou valendo 4,13% menos, negociado a R$ 2,268 na compra e R$ 2,270 na venda. Essa foi a maior desvalorização percentual diária desde 13 de outubro. No acumulado do ano, a divisa ainda sobe 22,77%.

Na roda de "pronto" da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), a moeda apresentou desvalorização de 4,72%, finalizando, também, aos R$ 2,270. O giro financeiro ficou em US$ 155,7 milhões. O giro interbancário foi semelhante ao de ontem, somando US$ 3,82 bilhões.

"Foi mais um movimento especulativo para formação de taxa do que qualquer outra coisa, pois notícias positivas não foram apresentadas", resume o diretor de câmbio do Banco Paulista, Tarcísio Rodrigues.

Para o especialista, o comportamento inusitado do dólar, hoje, que caiu forte apesar da cena externa negativa, reflete a formação da Ptax (media das cotações ponderada pelo volume) para liquidação as operações de swap cambial. "Tivemos uma movimentação muito grande na BM & F."
Outro ponto destacado por Rodrigues e que reforça a visão de movimentação artificial do dólar é o baixo volume para se justificar uma oscilação desse tamanho. "Teve um pouco de fluxo positivo, mas nada que representasse uma queda de quase 5%."
(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG