F - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: DIs passam por ajuste de baixa na BM F

SÃO PAULO - Depois de um começo de pregão instável, os contratos de juros futuros firmam tendência única e passaram a devolver parte dos prêmios acumulados no final da sessão de ontem. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento para janeiro de 2010 recuava 0,04 ponto percentual, a 15,11%. Janeiro 2011 tinha baixa de 0,18 ponto, a 15,80%.

Valor Online |

E janeiro 2012 apontava 16,08%, desvalorização de 0,07 ponto.

Na ponta curta, dezembro de 2008 marcava 13,56%, decréscimo de 0,01 ponto. E o DI para janeiro de 2009 cedia 0,03 ponto, projetando 13,69%.

Segundo o vice-presidente de Tesouraria do Banco WestLB, Ures Folchini, o pano de fundo para a discussão de juros é a atividade econômica.

Tomando como base dados apresentados recentemente nos Estados Unidos, como o pedido de concordata da varejista Circuit City e prejuízos da Ford e General Motors (GM), o especialista aponta que dá para tirar a conclusão de que o debate entre os agentes de mercado não é mais sobre a questão financeira. " Não que esse problema esteja resolvido, mas agora enfrentamos a conseqüência da crise financeira na parte econômica " , comentou Folchini.

O reflexo desse menor crescimento mundial, baixo valor para as commodities e empresas falindo no mercado de DI seria taxas futuras mais baixas.

No entanto, isso não acontece por aqui, pois esses mesmos pontos resultam em um ajuste de alta no preço do dólar, movimento que resulta em impacto direto sobre a inflação. " As taxas não caem mais porque temos um dólar em trajetória de alta. "
Levando em conta tal cenário para a condução da política monetária brasileira, Folchini aponta que o Banco Central (BC) não tem como subir a taxa de juros agora. A incerteza que ronda tanto a questão inflacionária quanto a atividade ainda é muito grande. " Com o mundo perdendo ritmo não dá para o Brasil aumentar juro para combater uma inflação que pode se mostrar pontual " , resume.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG