F - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: DIs de longo prazo acompanham dólar e saltam na BM F

SÃO PAULO - A despeito de notícias de corte de juros em diversos países e de injeção de dólares no mercado feita pelo Banco Central do Brasil, a aversão a risco dos investidores continua forte e os contratos de longo prazo de Depósitos Interbancários (DIs) sobem com força na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F). Há pouco, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento para janeiro de 2010 avançava 0,32 ponto percentual, para 15,18%. Janeiro 2011 tinha alta de 0,40 ponto, a 15,65%.

Valor Online |

Para janeiro de 2012 o DI apontava 15,99%, com valorização de 0,74 ponto.

Agentes de mercado entendem o movimento como uma resposta à persistência do dólar em subir, mesmo após três leilões de moeda à vista feitos pelo BC nesta manhã. A análise é de que, se a moeda continuar insistindo nesse patamar, a visão de médio é longo prazo abrangeria pressão inflacionária e juro maior.

"O mercado está se preparando nos DIs para conviver com cenário mais adverso para a taxa de câmbio, tendo em vista que o BC interveio algumas vezes hoje e não resolveu", diz Pedro Paulo Silveira, Economista-chefe da Gradual Corretora.

O comportamento das taxas longas não combina com a visão de curto prazo, em que os Bancos Centrais do mundo todo reduzem juros, como anunciado hoje cedo, e quando o medo de recessão faz com que pouco acreditem que o BC brasileiro possa prosseguir com o ciclo de alta da Selic até o final do ano.

Assim, as taxas de curto prazo seguem com movimentos tímidos. O DI com vencimento em dezembro sobe apenas 0,01 ponto percentual para 13,88% ao ano. A taxa de dezembro avança 0,02 ponto para 14,06% anuais .

(Bianca Ribeiro | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG