Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Decisão do Copom centra atenções na semana

SÃO PAULO - A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) é o evento mais relevante da semana. Na quarta-feira, o colegiado apresenta sua decisão e não há consenso sobre a manutenção ou aceleração no ritmo de alta.

Valor Online |

Para alguns analistas, o gradualismo, ou altas de 0,5 ponto percentual, vai de encontro com os sinais de menor inflação e atividade declinante até o final do ano. No entanto, outros temem a inércia inflacionária e o risco da meta de inflação deixar de ser cumprida em 2009. Por isso, defendem o aperto do passo para 0,75 ponto. Para esse ano, é consenso que a inflação ficará muito próxima ou pouco acima do centro da meta.

Atualmente, a Selic está fixada em 12,25% ao ano após dois reajustes de 0,5 ponto percentual. Tomando por base o boletim Focus da semana passada, a mediana das projeções aponta para Selic em 14,25% no encerramento de 2008.

A segunda-feira tem poucos dados na agenda. Atenção para o Focus com as novas projeções de inflação para este ano e para o próximo. Também está prevista a apresentação do resultado semanal da balança comercial. Nos Estados Unidos, sai o índice de indicadores antecedentes, que tenta prever o desempenho da economia nos próximos três a seis meses.

A semana ainda reserva dois relevantes indicadores internos, a pesquisa mensal de emprego, referente a junho, e o Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) de julho, que serão apresentados na quinta-feira.

Nos EUA, saem o Livro Bege do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, dados sobre o setor imobiliário e o índice de confiança do consumidor.

Atenção também para os dados corporativos. Por aqui, estão previstos os balanços da Localiza, WEG, Indústrias Romi, Natura e Gol. Lá fora tem Apple, Bank of America, Merck, Schering-Plough, Texas Instruments, Caterpillar, Wachovia, Yahoo, Amazon.com, Anheuser-Busch, AT & T, ConocoPhilips, GlaxoSmithKline, McDonald´s, Pepsi, Peugeot, 3M, Bristol-Myers Squibb, Eli Lilly, Renault, Dow Chemical, Xerox e Scania.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG