Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Dados nos EUA e discurso de Bernanke centram atenção hoje

SÃO PAULO - Passada o período de pânico gerado por incertezas ligadas ao setor financeiro, agora o mercado internacional e o local começam a dar atenção para os sinais da economia real sobre o quanto a crise financeira pode ter afetado a atividade dos países no mundo todo. Nesse sentido, o calendário de hoje traz, além do discurso de Ben Bernanke, presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), um conjunto de dados sobre a economia americana. Embora representem um retrato passado daquela economia, podem dar uma orientação importante para os analistas refazerem projeções.

Valor Online |

Do setor imobiliário, os agentes recebem o movimento de solicitações de empréstimos hipotecários nos Estados Unidos.

Os agentes monitoram também o andamento das vendas no varejo no mês de setembro, inclusive de automóveis, e a inflação no atacado medida no país pelo Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês). Vale notar, no entanto, que a pressão de preços no momento é menos importante do que a hipótese de uma recessão nos EUA, o que explica o fato de o Federal Reserve ter cortado o juro do país na semana passada, em conjunto com a outras grandes economias globais.

O mais importante na agenda americana, no entanto, é o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, e divulgação do Livro Bege à tarde, que pode mostrar uma avaliação abrangente da atividade econômica no país.

No Brasil, os agentes acompanham também as vendas no varejo divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referente ao mês de agosto e fluxo cambial até o dia 10 de outubro, a ser divulgado pelo Banco Central (BC).

(Bianca Ribeiro | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG