SÃO PAULO - Com os investidores ainda envoltos em dúvidas sobre o plano de resgate ao setor financeiro norte-americano, a terça-feira começa de maneira instável na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Depois de perder mais de 1% no começo da sessão, por volta das 10h50, o Ibovespa avançava 0,55%, aos 51.

823 pontos, com giro financeiro em R$ 682 milhões.

O mercado brasileiro acompanha o sinal proveniente de Wall Street, onde o dia começou de forma positiva, contrariando a indicação proveniente do mercado futuro. Há pouco, o Dow Jones valorizava 0,32%, enquanto o Nasdaq ganhava 0,61%.

Em discurso feito aos congressistas norte-americanos, o presidente do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, Ben Bernanke, pediu urgência na aprovação do plano que visa recomprar ativos ilíquidos dos bancos. " Os mercados financeiros globais estão sob extraordinário estresse " , disse.

O secretário do Tesouro, Henry Paulson, também pediu agilidade na aprovação e que os congressistas deixam de lado as emendas que possam ser contraditórias.

Depois de dias de negociação os investidores ainda aguardam mais detalhes sobre a parte operacional do plano e também questionam se ele será capaz de evitar uma recessão econômica nos EUA.

De volta ao mercado, depois dos acentuados ganhos de ontem, as commodities voltaram a perder valor, o que também deu novo fôlego ao preço do dólar, que avança sobre o euro e a libra.

Por aqui, a moeda norte-americana também ganha ante o real, recuperando parte da perda de 7,15% acumulada entre sexta-feira e ontem. Há pouco, a divisa era negociada a R$ 1,810 na venda, alta de 1%.

Dentro do Ibovespa, as ações PN da Petrobras subiam 0,60%, a R$ 35,11. Já o pela PNA da Vale PNA seguia perdendo valor, recuando 0,56%, para R$ 35,25.

Atenção para os bancos, que operam em território positivo. O papel PN do Itaú ganhava 1,96%, para R$ 31,10, as units do Unibanco subiam 0,36%, a R$ 19,44, e Bradesco PN valorizava 0,74%, a R$ 29,71.

Baixa acentuada para o ativo ON da JBS, que valia R$ 5,13, queda de 2,47%. Rossi Residencial ON perdia 2,28%, cotado a R$ 7,28, e B2W Varejo declinava 2,22%, para R$ 46,15.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.