SÃO PAULO - A atuação coordenada dos bancos centrais para injetar dólares no mercado financeiro parece ter acalmado os ânimos depois de uma quarta-feira de pânico nos mercados financeiros. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que desabou 6,74% ontem, já recupera parte das perdas. Por volta das 10h45, o Ibovespa ganhava 2,89%, atingindo 47.

234 pontos, com giro em R$ 630 milhões. Em Wall Street, a quinta-feira também tem contorno positivo.

Depois dos juros internacionais apresentarem as maiores altas em décadas, ontem, evidenciando uma virtual parada no mercado de crédito global, o Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, Banco Central Europeu (BCE), Banco do Japão (BoJ) e outras autoridades monetárias resolveram atuar de forma conjunta liberando mais de US$ 200 bilhões de dólares no sistema. Ainda hoje, o Fed voltou a reafirmar que os bancos terão mais dinheiro se houver necessidade.

A melhora de sentimento também pode ser captada pelo comportamento no mercado de títulos da dívida norte-americana, com saída de dinheiro em direção a outros mercados.

Por ora, só a Bovespa reage ao melhor ambiente externo. O mercado de juros futuros de câmbio continua sugerindo desmanche de posições, com as taxa longas avançando e o dólar comercial com apreciação. Há pouco, a moeda valia R$ 1,882 na venda, elevação de 0,74%.

De volta à renda variável, a retomada das compras por aqui também acompanha a alta no preço das commodities e a conseqüente desvalorização no preço do dólar frente o euro e a libra.

Puxando os ganhos dentro do Ibovespa, Petrobras PN subia 5,70%, saindo a R$ 31,50, e Vale PNA avançava 3,72%, para R$ 33,40. Com terceiro maior volume do dia, Usiminas PNA tinha alta de 1,65%, a R$ 38,62.

Os bancos também recuperam valor. Bradesco PN aumentava 2,75%, cotado R$ 27,21. Itaú PN subia 3,68%, a R$ 28,70, e Banco do Brasil ON valorizava 2,69%, para R$ 20,49.

De fora, Ultrapar PN caía 3,36%, saindo a R$ 45,90, e Lojas Renner ON desvalorizava 1,20%, R$ 22,93. B2W Varejo recuava 0,21%, negociado a R$ 42,01.

"(Eduardo Campos | Valor Online)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.