Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Bovespa ensaia recuperação e sobe 2,22%; Dólar vale R$ 2,31

SÃO PAULO - Depois de acentuada queda de ontem, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ensaia um movimento de recuperação. Deixando de lado a instabilidade externa, por volta das 13 horas, o Ibovespa aumentava 2,22%, aos 35.

Valor Online |

137 pontos, com giro financeiro em R$ 1,03 bilhão.

Para a sócia-gestora da Global Equity, Patrícia Branco, os ganhos na Bovespa são apenas um repique técnico depois da acentuada perda de ontem. " E pode ser que nem se sustente até o final do dia. "
A especialista aponta que não existe notícia positiva para sustentar um movimento comprador na bolsa brasileira. Além disso, o Ibovespa segue muito correlacionado como o mercado norte-americano, onde pessimismo quanto ao ritmo de crescimento econômico domina o ambiente de negociação.

Em Wall Street, o dia começou de forma positiva, mas, há pouco, Dow Jones recuava 0,58%, enquanto a Nasdaq caía 1,21%. Os agentes repercutem os resultados da Wal-Mart, que, apesar do maior lucro trimestral, reduziu a estimativa de ganho para todo o ano de 2008.

Atenção também para os dados econômicos. Segundo o Departamento de Trabalho, os pedidos por seguro-desemprego atingiram 516 mil durante a semana passada, maior patamar desde setembro de 2001.

No câmbio, o dólar continua ganhando valor ante o real, firmando posição acima de R$ 2,30. Há pouco, a moeda era negociada a R$ 2,310 na venda, ganho de 0,87%. Hoje, o Banco Central (BC) realizou mais um leilão de empréstimo de dólar com garantia em contratos para o financiamento de exportações, colocando US$ 1,3 bilhão.

De volta à Bovespa, destaque para os bancos, que recuperam parte das acentuadas perdas de um dia antes. O papel ON do Banco do Brasil avançava 5,38%, para R$ 13,90. A instituição anunciou lucro de R$ 1,867 bilhão para o terceiro trimestre do ano, resultado 36,9% maior no comparativo anual. Ainda no setor, Itaú PN ganhava 5,38%, para R$ 25,25, e Bradesco PN tinha alta de 3,72%, cotado a R$ 22,56.

Depois de cair mais de 12% no pregão de ontem, a ação PN da Petrobras passa por uma tímida retomada e avançava 1,55%, a R$ 20,94. Com o segundo maior volume negociado, Vale PNA recuava 0,25%, para R$ 23,80.

Puxando as perdas, Lojas Renner ON caía 4,65%, saindo a R$ 14,96. As empresas aéreas também recuam. TAM PN desvalorizava 3,81%, para R$ 16,89, enquanto Gol PN perdia 3,89%, negociada a R$ 7,64.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG