Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Bovespa deve começar segunda-feira em baixa

SÃO PAULO - A semana deve começar de forma negativa para a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). A indicação vem do mercado futuro, onde o Ibovespa com vencimento em dezembro recuava 3,43%, para 35.

Valor Online |

100 pontos.

Perdas também se desenham em Wall Street, onde os investidores assimilam as determinações oriundas da reunião do G-20 (grupo das maiores economias) que esteve discutindo a crise financeira no fim de semana.

A idéia principal propagada pelo encontro é gastar mais e cobrar menos impostos, como forma de estimular a economia ao redor do mundo. Os líderes também anunciaram medidas para garantir que organismos multilaterais, como Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Mundial, tenham os recursos necessários para ajudar os países que precisam. Esforços em busca de maior transparência regulação também pautaram as conversas.

Na agenda de indicadores do dia, atenção para o resultado da produção industrial norte-americana em outubro. Por aqui, acontece o vencimento de opções sobre ações, mas o exercício deve ser pouco emocionante, já que a instabilidade do mercado transformou as opções em pó.

A semana ainda reserva os preços no atacado e no varejo dos EUA, indicadores sobre o setor imobiliário e ata da última reunião do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano.

Na Europa, a segunda-feira é de perdas para os principais mercados. Na Ásia, os investidores receberam a oficialização da recessão no Japão, onde a economia encolheu por dois trimestres consecutivos. No entanto, na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei 225 fechou com alta de 0,71%. As bolsas em Hong Kong e Seul perderam 0,10% e 0,91%, respectivamente, enquanto Xangai teve valorização de 2,22%.

A sexta-feira da semana passada foi mais um dia de elevada instabilidade tanto aqui quanto em Wall Street. Depois de altas e baixas, o Ibovespa fechou com perda de 0,57%, apontando 35.789 pontos. O giro financeiro foi baixo, apenas R$ 3,09 bilhões. Nos EUA, Dow Jones apresentou queda de 3,82%, enquanto a bolsa eletrônica Nasdaq afundou 5%.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG