Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Bovespa começa semana em alta com destaque para ações da Vale, Petrobras e siderúrgicas

SÃO PAULO - Descolada da instabilidade externa, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começou a semana em território positivo. Operando em alta desde o início dos negócios, o Ibovespa fechou a segunda-feira aos 60.771 pontos, com valorização de 1,31%. O giro financeiro somou R$ 6,06 bilhões, sendo R$ 657 milhões referentes ao vencimento de opções sobre ações.

Valor Online |

Com as ações da Vale, Petrobras e das siderúrgicas em alta, a queda nos índices em Wall Street não influiu nos negócios por aqui. Depois de um começo de pregão positivo, as vendas falaram mais alto e o Dow Jones fechou com perda de 0,25%, enquanto o Nasdaq cedeu 0,14%.

Na avaliação do gestor de renda variável da Ático Asset Management Fernando Barbará, o cenário externo menos conturbado após resultados financeiros acima do esperado garante certa melhora de humor na bolsa brasileira.

Além disso, destaca o especialista, as ações relacionadas às commodities passam por uma recuperação depois da acentuada perda dos últimos pregões. Atenção para o papel PNA da Vale, que subiu 3,08%, para R$ 41,40, depois de acumular perda de 6,5% na semana passada. A Vale foi destaque nessa queda da bolsa. Agora estamos vendo alguns bancos e corretoras sugerindo compra, ressalta.

Ganho também para a ação PN da Petrobras, que fechou a R$ 38,76, com valorização de 1,46%, e para setor siderúrgico: o papel ON da CSN subiu 5,09%, para R$ 62,95, Gerdau PN teve valorização de 5,21%, para R$ 34,89, e Usiminas PNA registrou alta de 3,12%, para R$ 73,20.

Apesar do dia positivo, Barbará afirma que o cenário segue bastante complicado e o comportamento das commodities e da inflação deve continuar ditando o rumo de curto é médio prazo para o Ibovespa.

Para o gestor, os resultados trimestrais de empresas brasileiras têm pouca força impulsionar o índice para cima. Os efeitos dos balanços devem ser pontuais sobre setores e empresas.

Não acredito que a bolsa tenha alguma tendência definida. Possivelmente vamos permanecer com um mercado de muita volatilidade, resume Barbará.

Ainda dentro do Ibovespa, as ações ON da Sabesp ganharam 5,56%, para R$ 43,20, Light ON subiu 4,63%, para R$ 25,30, e Copel PNB se valorizou 3,48%, para R$ 34,15. As concessionárias de serviços públicos ganham preferência em momento de inflação, pois têm suas tarifas atreladas a índices de preços.

Na ponta vendedora, Net PN caiu 5,31%, para R$ 19,40. A operadora do triple play (TV, voz e internet) fechou o segundo trimestre com lucro de R$ 28 milhões, queda de 10% no comparativo anual. Em relatório, a Brascan Corretora destacou os resultados operacionais da Net, que seguem fortes com aumento na base de clientes. A corretora está revisando seu modelo para a companhia, mas reafirmou a recomendação outperform com preço-alvo em R$ 31,54. Para a Ativa Corretora o resultado é neutro e mostra que Net mantém a trajetória de crescimento acelerado à custa de margens operacionais ligeiramente mais pressionadas. As estimativas para a companhia estão sob revisão.

Depois da recuperação da semana passada, os bancos passaram por uma realização de lucros. Bradesco PN perdeu 1,03%, para R$ 34,31, e Itaú PN recuou 2,25%, para R$ 33,81. Em direção contrária, as units do Unibanco seguiram ganhando valor, avançando 0,57%, para 21,11.

Fora do índice, destaque para as ações ON da OGX Petróleo. Depois de perder 21% na semana passada, o papel teve um pregão de recuperação, avançando 14,06%, para R$ 730,00.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG