Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Bovespa cai mais de 2% e dólar sobe 0,81%, para R$ 1,610

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) dá a largada no terceiro trimestre com acentuada baixa. Por volta das 10h45, o Ibovespa declinava 2,06%, para 63.677 pontos, com giro financeiro em R$ 572 milhões.

Valor Online |

As vendas estão alinhadas com o forte pessimismo externo, onde a preocupação com a inflação ganha força conforme o preço do petróleo permanece em alta. Além disso, há grande desconfiança com o setor financeiro, que deve continuar amargando perdas com o crédito imobiliário de alto risco.

O pessimismo exacerbado começou na Europa, onde as principais bolsas perdem mais de 2%. Há pouco, Londres e Frankfurt caíam 2,64% e 2,14%, respectivamente. Em Wall Street, o Dow Jones começou o dia caindo 0,81% e o Nasdaq recuava 0,97%.

O dólar também acompanha o dia negativo e ganha valor de forma sustentada ante o real. Há pouco, a divisa valia R$ 1,610 na venda, alta de 0,81%.

Nenhum dos 66 papéis que compõem o Ibovespa apresentava valorização. Puxando as perdas, Vale PNA cedia 2,51%, para R$ 46,50. Banco do Brasil ON recuava 3,63%, para R$ 25,20, e Petrobras PN baixava 0,51%, para R$ 45,97.

Queda acentuada para NET PN, de 4,38%, para R$ 19,41. Gafisa ON caía 4,19%, para R$ 26,50, e Cesp PNB recuava 3,75%, para R$ 31,57.

Fora do índice, Bovespa Holding ON e BM & F ON caíam mais de 4% cada para R$ 18,94 e R$ 13,15, respectivamente. Depois de cair 20% ontem, o BDR da Laep, que controla a Parmalat, amargava nova perda de 12,03%, para R$ 2,34. Ontem, o banco UBS rebaixou a recomendação para as ações da companhia.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG