Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Bovespa cai 4%; ação da Petrobras perde mais de 7%

SÃO PAULO - Novas indicações de debilidade econômica nos Estados Unidos aliadas à queda no preço das commodities estimulam as vendas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Por volta das 13 horas, o Ibovespa apresentava desvalorização de 4,07%, para 35.

Valor Online |

745 pontos, com giro financeiro em R$ 1,50 bilhão.

Em Wall Street, o dia começou com perdas. Há pouco, Dow Jones e Nasdaq declinavam mais de 1%. O humor do investidor foi atingido pela revisão na projeção de lucro da Best Buy, maior varejista de eletrônicos do país.

Além disso, os agentes também se questionam o futuro das montadoras Ford e GM e acompanham as movimentações no setor financeiro. Depois de virar banco, a empresa de cartões de crédito American Express já teria pedido US$ 3,5 bilhões para o governo norte-americano, segundo reportagem do Wall Street Journal (WSJ).

No câmbio, pelo terceiro dia seguido, o dólar ganha valor ante o real e a atuação do Banco Central (BC), que vendeu moeda no mercado à vista, não conteve o movimento comprador. Há pouco, a divisa era transacionada a R$ 2,262 na venda, avanço de 1,66%.

Dentro do Ibovespa, o destaque negativo fica com os papéis da Petrobras. O ganho recorde de R$ 10,8 bilhões no terceiro trimestre, anunciado ontem, não impede as vendas acentuadas do papel. Há pouco, o ativo PN da estatal recuava 7,57%, a R$ 22,10, e o ON desvalorizava 7,93%, para R$ 26,47.

Ainda pela manhã, o Credit Suisse rebaixou a recomendação para os papéis da companhia de " outperform " , ou acima da performance de mercado, para " neutro " .

A Ativa Corretora observou que, apesar do forte ganho líquido, o resultado operacional foi fraco, com redução acentuada das margens operacionais. A corretora aponta que, a margem de geração de caixa de 28%, medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi a menor desde 2002.

" Isso mostra um crescimento muito forte de alguns custos e despesas que chamam a atenção num período de queda no preço da commodity e de, conseqüentemente, menor perspectiva de crescimento da receita no curto prazo " , aponta a Ativa em relatório.

O diretor da Intrader, Edson Hydalgo Júnior, observou que a instabilidade no mercado externo, que contamina os negócios por aqui, decorre da crescente percepção de que o norte-americano está cada vez mais reduzindo seu consumo, colocando em xeque o crescimento da economia. " Isso é histórico, o norte-americano não está querendo gastar " , aponta Júnior.

Voltando o foco para o mercado interno, Júnior aponta que o resultado da Petrobras ficou ofuscado pela cena externa negativa e que essa preocupação com um elevado custo de produção em um momento de preço declinante não deve ser algo duradouro. " Com recessão ou não, o mundo sempre vai precisar de petróleo. "
Para o diretor, o atual preço do barril de WTI, que está sendo negociado abaixo de US$ 60, está um pouco distorcido. Dentro de três meses a seis meses, o preço da matéria-prima deve se recuperar, firmando posição acima dos US$ 80.

Avaliando a bolsa graficamente, Júnior aponta que rompido o patamar de 35.500 pontos, a próxima parada fica nos 30 mil. No movimento de alta o objetivo fica nos 40 mil pontos.

Olhando para o começo de 2009, Júnior acredita que se a economia mundial der algum sinal de melhora, o Ibovespa pode recobrar o patamar dos 51.500 pontos. " A fase de pânico já se dissipou. Levando em contra o risco/retorno, o atual nível de preço não deixa espaço para novas quedas, quem está fora da bolsa pode começar a voltar. "
No âmbito corporativo, queda acentuada para a ação PNA da Vale, que caía 3,71%, para R$ 24,61. Bradesco PN recuava 3,30%, para R$ 22,83. BM & FBovespa ON recuava 5,63%, para R$ 5,36.

Liderando as perdas, Rossi ON tinha baixa de 8,82%, valendo R$ 3,10. TAM PN caía 7,49%, saindo a R$ 17,49. B2W Varejo ON, Cyrela ON, Gafisa ON e Telemar PNA também recuavam mais de 7% cada.

Destoando, Transmissão Paulista PN aumentava 4,07%, para R$ 42,87. E Metalúrgica Gerdau PN tinha alta de 1,47%, para R$ 20,64.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG