Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Bovespa cai 0,86%; dólar sobe 0,90%, para R$ 1,680

SÃO PAULO - O fraco desempenho das ações da Petrobras e das siderúrgicas segura a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) em território negativo. Por volta das 14h55, o Ibovespa caía 0,86%, para 53.938 pontos, com giro financeiro em R$ 2,89 bilhões.

Valor Online |

Apesar da baixa no preço do petróleo, os investidores não se animam a ir às compras em Wall Street. Há pouco, Dow Jones perdia 0,16%, enquanto o Nasdaq recuava 0,84%.

No mercado de câmbio, o dólar ruma para o quinto pregão consecutivo de valorização ante o real, testando posição acima do R$ 1,680, patamar de preço não observado desde maio. Há pouco, a moeda era transacionada a R$ 1,680 na venda, alta de 0,90%. O dólar também continua avançando sobre o euro e a libra no mercado internacional.

Dentro do Ibovespa, o destaque seque com o papel PNA da Vale, que lidera o volume negociado com alta de 1,78%, a R$ 37,55. A ação ganhou novo fôlego depois que saíram notícias indicando que mineradora teria emplacado um aumento de 20% no preço de minério de ferro vendido para a Ásia, após ter aumentado o preço entre 65% e 71% no início do ano.

Puxando as perdas do dia, o papel PN da Petrobras registrava queda de 1,32%, para R$ 32,67, e a ação PNA da Usiminas recuava 3,93%, para R$ 51,20. Ainda entre as siderúrgicas, Gerdau PN caía 3,74%, para R$ 28,25, e CSN ON se desvalorizava 2,04%, para R$ 52,60.

Queda acentuada também para o ativo ON da JBS, dona do frigorífico Friboi, que perdia 7,50%, para R$ 5,92. O papel PN da Vivo, que subiu forte ontem depois de entrar para lista de recomendações do UBS, perdia 5,98%, para R$ 8,17.

Fora do Ibovespa, as ações da Tenda continuam perdendo valor de forma acentuada. Ontem o ativo perdeu 15%, e, há pouco, caía 17,17%, para R$ 3,23.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG