Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Bovespa avança 2,96% e dólar recua 0,69%, para R$ 1,708

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começa a semana com forte valorização. As compras por aqui estão alinhadas com o restante dos mercados mundiais que comemoram a decisão do governo norte-americano de assumir o controle das financeiras hipotecárias Freddie Mac e Fannie Mae. Por volta das 10h40, o Ibovespa aumentava 2,96%, aos 53.475 pontos, com giro financeiro em R$ 617 milhões.

Valor Online |

Ganho acentuado também em Wall Street, onde Dow Jones e Nasdaq subiam 2,79% e 1,78%, respectivamente. Na Europa, Frankfurt e Paris avançam mais de 3% cada. Com problemas técnicos Londres não tinha operações, mas antes da interrupção das negociações a alta era de 3,81%.

A decisão do governo dos EUA, anunciada ontem pelo secretário do Tesouro, Henry Paulson, ajudou a reduzir parte das preocupações com o já combalido setor financeiro do país. Com o resgate, os investidores deixam de conviver com o temor de colapso de qualquer uma das duas empresas. Pelo plano, o governo pode injetar até US$ 200 bilhões em capitais e linhas de crédito para manter as empresas operando. Além disso, o governo comprará títulos lastreados em hipotecas emitidos pelas empresas.

A menor aversão a risco também é refletida no mercado de câmbio local. Depois acumular elevação de 5,2% na semana passada, a moeda norte-americana perdia valor de forma ante o real. Há pouco, o dólar valia 1,708 na venda, queda de 0,69%.

Dentro do Ibovespa, os carros-chefes lideram os ganhos. Petrobras PN avançava 3,07%, a R$ 32,84, Vale PNA tinha acréscimo de 2,77%, saindo a R$ 37,10 e BM & FBovespa ON ganhava 3,98%, cotada a R$ 11,23.

Bom desempenho também para o setor financeiro, com as ações PN do Bradesco subindo 4,46%, a R$ 31,60. Itaú PN aumentava 3,97%, negociada a R$ 31,91, e Banco do Brasil ON valorizava 3,60%, a R$ 23,31
O setor imobiliário, que perdeu valor de forma acentuada na semana passada, registra acentuada recuperação. Cyrela ON tinha alta de 7,93%, ficando em R$ 19,59, Gafisa ON subia 7,66%, valendo R$ 24,42, e Rossi ON ganhava 5,43%, para R$ 8,93.

Em sentido inverso, as aéreas refletiam a alta no preço do petróleo. Gol PN caía 1,23%, para R$ 14,43, e TAM PN declinava 0,57%, a R$ 34,82.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG