Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados: Atividade econômica renovou ânimo em Wall Street

SÃO PAULO - As bolsas de valores americanas fecharam em alta ontem, com dados surpreendentemente fortes sobre encomendas de bens duráveis no país. O relatório amenizou as preocupações sobre a economia, enquanto as agências hipotecárias Fannie Mae e Freddie Mac alimentaram a alta no setor financeiro. O índice Dow Jones teve alta de 0,79%, a 11.502 pontos. O Standard & Poor´s 500 subiu 0,80%, a 1.281 pontos. O Nasdaq avançou 0,87%, a 2.382 pontos.

Valor Online |

As ações de energia subiram com os altos preços do petróleo, que avançaram pelo terceiro dia seguido, com temores de que a tempestade tropical Gustav afete a produção no Golfo do México.

Investidores se animaram com dados mostrando que novos pedidos de bens duráveis avançaram 1,3% em julho. As ações da Boeing subiram quase 2% após os dados mostrarem um salto de 28% nos pedidos de aviões civis.

A Fannie Mae e a Freddie Mac tiveram avanço pela terceira sessão consecutiva, com os investidores mais confiantes de que não haverá ajuda do governo a elas.

As ações européias subiram graças a um rali das ações britânicas liderado pelo petróleo e ao aumento surpreendente dos dados de bens duráveis nos Estados Unidos, que sugeriu que a maior economia do mundo pode evitar a recessão. O índice de blue chips FTSEurofirst 300 avançou 0,22%, para 1.173 pontos. O índice setorial de energia 1,5%.

As ações da Royal Dutch Shell subiram 2,3% e as da BP avançaram 1,8%, à medida que os preços do petróleo aumentaram pelo terceiro dia consecutivo, atingindo US$ 119 o barril. Os bancos tiveram desempenho misto, com os papéis do HBOS subindo 2,8% e os do UBS caindo 1,3%.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 1,05%, a 5.528 pontos. O DAX, de Frankfurt, recuou 0,31% (6.321 pontos). Na bolsa de Paris, o CAC-40 subiu 0,1% (4.373 pontos). Já o indicador Mibtel, de Milão, fechou o dia em elevação de 0,08% (21.646 pontos). O Ibex-35, de Madri, subiu 0,52% (11.479 pontos). Em Lisboa, o PSI20 caiu 0,13% (8.459 pontos).

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG