Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercados asiáticos apresentam ligeira alta

As Bolsas da Ásia abriram o pregão em baixa, no encalço da tendência dos mercados europeus e de Wall Street. Os principais mercados, contudo, se recuperaram durante a sessão, estimulados por fatores internos.

Agência Estado |

Mas a maioria dos investidores, preocupados com o futuro da economia global, manteve postura de cautela e andou de lado, na espera da decisão do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos Estados Unidos), que deve anunciar hoje novo corte na taxa de juros. Em Hong Kong, os ganhos nas ações do setor imobiliário, por conta da expectativa de corte dos juros nos EUA, fizeram a Bolsa fechar em alta. Com fraco volume de negociações, o índice Hang Seng ganhou 83,26 pontos, ou 0,55%, e terminou aos 15.130,21 pontos.

As esperanças de um novo corte na taxa de juros por parte de Pequim, após declarações do presidente do Banco Central, Zhou Xiaochuan, estimularam uma forte demanda pelas ações de empresas do setor imobiliário. Este movimento, na sessão da tarde, ajudou as Bolsas da China a reverter as perdas do início do pregão e a fechar em moderada alta pelo segundo dia seguido. O índice Xangai Composto subiu 0,5% e encerrou aos 1.975,01 pontos. Já o Shenzhen Composto ganhou 1,9% e terminou aos 601,76 pontos. Yuan - A queda na taxa de paridade central dólar-yuan ajudou a unidade chinesa a ter uma ligeira valorização em relação à moeda norte-americana no final do pregão. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado aos 6,8465 yuans, de 6,8500 yuans do fechamento de segunda-feira.

Com fraco volume de negociações, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou estável. O índice Taiwan Weighted subiu apenas 0,1% e terminou aos 4.616,89 pontos. Na Coréia do Sul, a valorização das ações das montadoras ajudou o índice Kospi, da Bolsa de Seul, a ter alta de 0,3% e fechar aos 1.161,56 pontos. A Bolsa de Sydney, na Austrália, operou ainda à espera dos resultados do Goldman Sachs no quarto trimestre. O índice S&P/ASX 200 teve queda de 1% e fechou aos 3.556,2 pontos, acompanhando a baixa nas bolsas de Nova York. O índice PSE da Bolsa de Manila, nas Filipinas, perdeu 1,3% e fechou aos 1.889,32 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve ligeira alta depois de uma sessão relativamente calma, uma vez que os investidores permaneceram receosos em entrar no mercado antes do encontro de quarta-feira da Opep. O índice Straits Times subiu 0,4% e fechou aos 1.782,09 pontos. Na Tailândia, às 7h15 (hora de Brasília), o índice SET da Bolsa de Bangcoc subia 2,3%, aos 447,01 pontos. O mercado indonésio recuou, pressionado pelas quedas na maioria dos mercados asiáticos seguindo o recuo em Wall Street. O índice composto da Bolsa de Jacarta cedeu 1,2% e fechou aos 1.342,83 pontos. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur teve alta de 1% e fechou aos 854,80 pontos, uma vez que o corte nos preços dos combustíveis na bomba trouxe algum ânimo ao mercado, segundo dealers. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG