SÃO PAULO - Os analistas consultados pelo Banco Central (BC) mantiveram sua estimativa para a inflação em 2009, conforme o Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, com base em perspectivas coletadas na semana passada. A previsão é de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) avance 4,66% neste ano, sem mudança em relação ao documento anterior. O centro da meta de inflação estipulada pelo governo para este exercício é de 4,50%.

Quanto a 2010, as previsões para o IPCA ficaram estacionadas pela 39ª semana seguida em 4,50%.

O relatório Focus, que compila as previsões de analistas de cem instituições financeiras e consultorias, contempla projeção para o IGP-DI de 4,50% em 2009 ante os 4,55% aguardados antes. Para o IGP-M, o prognóstico é de acréscimo de 3,99% contra 4,24% contido no documento antecedente. No IPC-Fipe, a estimativa é de acréscimo de 4,50%, inalterada pela segunda semana.

Para março deste calendário, os agentes repetiram o prognóstico de elevação de 0,35% para o IPCA e de 0,32% para o IPC-Fipe. O IGP-DI deve ter alta de 0,30% em vez de 0,31% e o IGP-M deve aumentar 0,30% e não 0,32% como o previsto antes.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.