Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercado mundial da cerveja será dominado por três gigantes

O mercado mundial de cerveja, que vem assistindo a uma série de fusões e aquisições há anos, ficará a partir de agora nas mãos de um trio de gigantes que vai abocanhar 60% do bolo, após a compra da americana Anheuser-Busch (n°4) pela belgo-brasileira Inbev, anunciada nesta segunda-feira.

AFP |

Nos últimos meses, a Heineken e a Carlsbergo compraram o britânico Scottish & Newcastle; e a SABMiller fez fusão com a Molson Coors nos Estados Unidos.

Num mercado mundial de cerca de 1,3 bilhão de hectolitros (hl), segundo a ResearchandMarkets, a fusão InBev-Anheuser-Bush criou um novo líder mundial, disparado na frente de seus concorrentes, com cerca de 460 milhões de hectolitros.

Segue abaixo um quadro dos maiores fabricantes atuais de cerveja do mundo em faturamento (classificação que varia segundo a cotação do dólar).

- Inbev (belgo-brasileira): faturamento de US$ 22,3 bilhões em 2007. Lucro líquido de US$ 3,49 bilhões. Vendas de cerveja em volume: 270,6 milhões de hectolitros. Principais marcas: Stella Artois, Beck, Brahma, Skol.

- SABMiller (britânica): faturamento de US$ 21,2 bilhões em 2007. Lucro de US$ 2,023 bilhões. Vendas de cerveja em volume: 216 milhões de hectolitros (mais de 50 milhões de outras bebidas). Principais marcas: Miller, Peroni Nastro Azzurro, Grolsch, Pilsner Urquell.

- Heineken: (holandesa): faturamento de US$ 19,8 bilhões em 2007. Lucro líquido de 807 milhões de euros. Vendas em volume: 119 milhões de hectolitros. Marcas principais: Heineken, Amstel, Birra Moretti.

- Anheuser-Busch (americana): faturamento de US$ 16,9 bilhões em 2007. Lucro de US$ 2,11 bilhões. Vendas em volume 188 milhões de hectolitros. Principais marcas: Budweiser, Michelob.

Leia mais sobre cervejarias

Leia tudo sobre: cervejaria

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG