Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercado: Juros futuros continuam ajustando para cima com alta do dólar

SÃO PAULO - Os contratos de juros futuros continuam ajustando para cima na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F). Na ausência de indicadores internos, a curva acumula prêmios conforme cresce a incerteza sobre o comportamento da taxa de câmbio e os reflexos sobre a inflação.

Valor Online |

Há pouco, na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento para janeiro de 2010 subia 0,03 ponto percentual, para 14,77%. Janeiro 2011 aumentava 0,07 ponto, para 14,52%. E janeiro 2012 apontava 14,23%, valorização de 0,07 ponto.

Na ponta curta, setembro de 2008 valorizava 0,01 ponto, para 12,86% Outubro de 2008 tinha elevação de 0,02 ponto, a 13,14%. E janeiro de 2009 também avançava 0,02 ponto, projetando a 13,76%.

Para o economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini, a questão do câmbio na formação dos juros é usada como uma justificativa para um ajuste de alta na curvas depois da acentuada queda das últimas semanas.

Expectativa quanto a um problema com relação à inflação desse ano é fato. Mas para o ano que vem a situação está mais tranqüila com essa queda nas commodities. Não teria motivo para alta , avalia.

Segundo Agostini, o impacto do câmbio na inflação é uma engrenagem complexa. Estamos com sete pregões de alta no dólar e isso é pouco para ter efeito na inflação. Teria que ter alta por dois ou três meses, ou uma elevação muito forte e repentina para ter uma contaminação de forma imediata , diz o economista. Ele lembra que, além disso, a transmissão aconteceria dentro de um ambiente de economia acelerando, o que não está ocorrendo agora.

Para o economista, é muito prematuro pensar que estamos em um ambiente de alta estrutural do dólar. Mas os traders pensam dessa forma. Então o mercado vai olhar bastante para a taxa de câmbio.

Na gestão da dívida pública, o Tesouro Nacional realiza hoje a segunda etapa do leilão de Notas do Tesouro Nacional Série B (NTN-B), que tem liquidação por meio da transferência de títulos. Também acontece hoje leilão de resgate antecipado de NTN-B e de Letras do Tesouro Nacional (LTN). As propostas serão tomadas das 12h às 13h.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG