A crise financeira vai reduzir o ritmo de crescimento do mercado mundial de serviços de telecomunicações em 2009. A Pyramid Research estima evolução de apenas 1%, para US$ 1,4 trilhão.

Segundo a empresa internacional de pesquisas, nos últimos exercícios o setor conseguiu crescer entre 10% e 11% anuais.

"Espera-se, porém, que o mercado global das telecomunicações se recupere em 2010", diz a consultoria no relatório "Global Telecom Services Revenue Forecast 2008-2013: Emerging Market Opportunities", divulgado hoje à imprensa. Essa recuperação deve ser motivada pela maior oferta de pacotes de serviços e de aparelhos com preços competitivos. As economias emergentes serão peça importante para o dinamismo da indústria.

Os serviços de voz terão o impacto mais significativo em 2009, acredita a Pyramid Research, estimando queda de 3% neste mercado, contra uma expansão de 6% destes serviços em 2008.

Por outro lado, o mercado de dados - seja pela rede fixa ou móvel - deve crescer 12% sobre 2008, conquistando receitas de US$ 411 bilhões em 2009. O crescimento deve ser maior no tráfego de dados pela rede móvel, de 15%, conforme observou Leslie Arathoon, vice-presidente de Pesquisas da Pyramid Research e coautora do relatório.

"O número de contas de banda larga, incluindo os acessos móveis 3G (tecnologia de terceira geração), irá mais do que dobrar, passando dos 965 milhões atuais para mais de 2 bilhões até 2013. Isso irá criar um importante mercado alvo para o conteúdo digital, aplicativos e lucros com propaganda", diz o estudo.

A penetração das linhas móveis em torno do globo, atualmente em 60%, deve subir para 84% até 2013, liderada por Índia e China, conforme a pesquisa da Pyramid.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.