Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercado futuro acena com possibilidade de alta na Bovespa

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) pode registrar um pregão de alta nesta quinta-feira. A indicação vem do mercado futuro, onde o Ibovespa com vencimento em fevereiro subia 0,49%, para 40.

Valor Online |

900 pontos.

Dia positivo também se desenha em Wall Street, onde os investidores devem recuperar parte das perdas de quarta-feira. Na agenda hoje estão os pedidos por seguro-desemprego, o índice de indicadores antecedente e o índice de atividade do Federal Reserve (Fed) da Filadélfia.

No setor automotivo, o destaque é a Chrysler, que está paralisando sua produção em meio a notícias de possível fusão com a General Motors (GM). O setor ainda espera uma resolução sobre o plano de resgate que foi derrubado no Senado e agora está tramitando pela Casa Branca. O Tesouro dá sinalização que as montadoras vão ganhar ajuda do governo.

No campo político, a equipe econômica do presidente eleito dos EUA, Barack Obama, está trabalhando em plano de estímulo à atividade avaliado em US$ 850 bilhões para os próximos dois anos.

Ainda no campo externo, alguma expectativa positiva recai sobre a decisão de juros no Japão. Os analistas acreditam em corte na taxa atualmente fixada em 0,3% ao ano. As estimativas apontam para redução para 0,15% a 0,1%.

No mercado de câmbio, o dólar retoma parte da maior queda em 13 anos sobre o iene, mas aprofunda a desvalorização ante o euro. Ontem, a moeda norte-americana cedeu mais de 3% sobre a divisa comum européia, algo não observado desde a estréia do euro em 1999. Tal movimento é uma reação ao corte de juros nos EUA, que derrubou a taxa básica para uma banda de zero a 0,25%.

Por aqui, fatores internos seguram uma forte correção no preço da divisa, como as posições compradas de investidores, empresas com passivo cambial e menos dólares disponíveis no mercado. Depois de uma queda de pouco mais de 1% ontem, a divisa estrangeira volta a ganhar valor ante o real. Há pouco, a moeda valia R$ 2,353 na venda, alta de 0,25%.

Na Europa, o dia é bastante instável em Londres. Já em Frankfurt, as compras são mais consistentes. A quinta-feira foi de ganhos na Ásia.

Na quinta-feira foi de forte instabilidade na Bovespa em função do vencimento de opções sobre índice futuro, que movimentou R$ 2,15 bilhões, elevando o volume total do dia para R$ 9,10 bilhões. Depois de subir aos 40.361 pontos na máxima do dia, o Ibovespa chegou a perder mais de 2% antes de encerrar aos 39.947 pontos, leve queda de 0,12%.

Em Wall Street, as vendas foram mais acentuadas no fim do pregão, resultando em baixa de 1,12% para o Dow Jones e desvalorização de 0,67% para o Nasdaq.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG