SÃO PAULO - O mercado elevou as projeções para inflação ao consumidor neste ano e no próximo, colocado ambas acima do centro da meta perseguida pelo governo, mostrou o relatório Focus nesta segunda-feira.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561392750&_c_=MiGComponente_C

O cenário para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) deste ano foi revisto para alta de 4,91%, ante 4,86% na semana anterior. A estimativa para a inflação no ano que vem subiu para 4,53%, contra 4,5% antes.

A meta de inflação perseguida pelo governo para os dois anos é de 4,5%, com tolerância de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

A projeção do mercado para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano foi mantido em expansão de 5,50%, enquanto para o do ano que vem permaneceu em 4,5%.

Para a Selic no fim de 2010, o prognóstico foi mantido em 11,25%, enquanto para 2011 subiu de 11% para 11,25%.

Leia mais sobre: inflação

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.