Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercado diminui novamente previsão para taxa Selic em 2009, diz Focus

SÃO PAULO - Os analistas consultados pelo Banco Central (BC) reduziram pela quarta semana consecutiva a projeção de corte na taxa básica de juros ao longo deste ano. Pesquisa Focus apresentada nesta segunda-feira com os dados recolhidos na semana passada aponta que a mediana das expectativas dos analistas é de que a taxa Selic feche 2009 em 10,75% anuais e não em 11% como contemplado no documento anterior.

Redação com Valor Online |

As cerca de cem instituições consultadas diminuíram também a previsão da taxa média para o ano, de 11,50% para 11,36%.

Para o fim de 2010, a expectativa é de que a taxa Selic se encontre em 10,50% em vez dos 10,75% contidos no levantamento anterior.

Consta do Boletim Focus a perspectiva de que o dólar termine este exercício a R$ 2,30, taxa idêntica àquela apresentada no documento passado. Para fevereiro, a estimativa é de a moeda situar-se em R$ 2,32.

Inflação

Os analistas consultados pelo BC reviram para baixo sua estimativa para a inflação em 2009. Conforme Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, a estimativa dos agentes é de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) marque 4,60% este ano.

No relatório antecedente, a projeção correspondia a 4,64%. Com isso, a expectativa do mercado caminha para mais perto do centro da meta de inflação estipulada pelo governo, de 4,5%.

Quanto a 2010, as previsões para o IPCA continuam em 4,50%. Este percentual é mantido sem mudanças há 35 semanas.

O relatório Focus, que compila as previsões de analistas de cem instituições financeiras e consultorias, mostra manutenção das previsões para o IGP-DI e IPC da Fipe referentes a 2009, em 4,49% e 4,50%, respectivamente. No caso do IGP-M, o indicador deve subir 4,24% neste calendário e não 4,41% como o aguardado antes.

Para fevereiro deste ano, o mercado cortou os prognósticos do IGP-DI e IGP-M - ambos saíram de 0,25% para 0,20%. O IPCA deve aumentar 0,53% e o IPC da Fipe, 0,39%. No levantamento anterior, esses percentuais correspondiam a 0,50% e 0,38%, respectivamente.

Leia mais sobre pesquisa Focus

Leia tudo sobre: focus

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG