Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercado de mininotebooks não empolga Apple, diz Steve Jobs

SÃO PAULO - Em uma rápida aparição durante uma teleconferência para discutir os resultados trimestrais da Apple, seu fundador e executivo-chefe, Steve Jobs, anunciou que a empresa ainda está reticente a investir no mercado de mininotebooks. Para ele, a proposta da companhia para esse segmento - de computadores de baixo custo e configuração limitada, voltado principalmente para acesso a internet e tarefas simples - é seu telefone celular, o iPhone.

Valor Online |

Para ele, o telefone da Apple pode ser considerado a entrada da companhia nesse segmento, embora mais por suas capacidades do que por sua identificação com essa categoria de produtos. O executivo afirma que a estratégia da empresa agora é "esperar e ver" como esse mercado se desenvolve uma vez que, até agora "não há muitos deles (mininotebooks) sendo vendidos".

E, embora tenha dito que a Apple tem "algumas idéias bastante interessantes para o caso disso (o mercado de mininotebooks) realmente evoluir", Jobs acredita que esses produtos não têm muita ligação com os de sua companhia. "Não sabemos como fazer uma máquina de US$ 500 que não seja um lixo, e nosso DNA não nos permite fazer isso", afirmou.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG