Tamanho do texto

O mercado disponível de algodão em pluma se mantém calmo nos últimos dias. Para os poucos compradores e vendedores ativos, a prioridade tem sido para entregas em 2009.

Os comentários são dos técnicos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq).

Segundos os técnicos, boa parte dos comerciantes já encerrou as compras deste ano e estão dando prioridade à entrega de contratos antecipados com as indústrias. "Apenas alguns buscaram adquirir a pluma no intuito de formar estoque para o cumprimento de contratos a serem entregues em janeiro." Em relação às indústrias, o interesse continua sendo por novos contratos, para recebimento a partir de janeiro, situação que se observa desde início de dezembro.

Os técnicos comentam que os produtores seguem firmes nos poucos negócios para entrega imediata. Em alguns casos, aumentaram os valores pedidos e foram bem-sucedidos na negociação com parte dos comerciantes. De modo geral, vendedores devem retomar as negociações somente em 2009, quando esperam cotações superiores. "Entretanto, ainda há o clima de incerteza entre agentes, diante do cenário de crise financeira mundial", dizem os técnicos.

Quanto ao plantio, cotonicultores das regiões Centro-Oeste e Nordeste também intensificam as atividades da safra 2008/2009 - a maioria deve finalizá-las ainda neste mês. Em algumas localidades, como no oeste da Bahia, o excesso de chuva atrasou o plantio. Mas, no geral, as condições climáticas estão favoráveis. Em Mato Grosso e Bahia cerca de 40% da área total já foi plantada.