DAVOS - Em meio à persistente questão de quando os bancos voltarão a emprestar, o presidente do Banco Central brasileiro, Henrique Meirelles, disse hoje que isso depende basicamente do pacote de socorro que o governo de Barack Obama prepara. Primeiro, é importante que o pacote do governo Obama seja definido e implementado o mais rápido possivel. E segundo, que o remédio seja preciso, porque senão os recursos não vão ser suficientes, afirmou.

Como o Valor revelou, os bancos dos Estados Unidos estao retendo US$ 1 trilhão, ao invés de emprestar. Os bancos da Europa outros 504 bilhoes de euros. Eles alegam que precisam guardar capital para cobrir perdas futuras.

Meirelles participou de uma série de reuniões com outras autoridades monetárias, banqueiros e a chanceler alemã Angela Merkel, tendo como tema central sempre a estabilidade do sistema financeiro global.

(Assis Moreira | Valor Econômico, para o Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.