Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Meirelles: BC já liberou R$ 47 bi para sistema bancário

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, afirmou hoje, na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o Conselhão, que a autoridade monetária está atuando para garantir oferta de dinheiro na economia, especialmente para os bancos pequenos e médios, diante da redução da liquidez causada pela crise financeira internacional. De acordo com Meirelles, o BC já promoveu uma injeção de liquidez de R$ 47 bilhões para o sistema como um todo.

Agência Estado |

Segundo ele, por meio da liberação de depósitos compulsórios, já foram disponibilizados especificamente para os bancos pequenos e médios R$ 29,5 bilhões.

"Essa provisão de liquidez será gradual. Não vamos transformar o País do dia para a noite em uma ilha completamente isolada da crise mundial", afirmou Meirelles. "Este é um processo gradual, que envolve a negociação de carteiras", disse.

Segundo Meirelles, o BC disponibilizou também R$ 6 bilhões para compensar a redução da liquidez em moeda nacional gerada pelas operações de venda de dólares com compromisso de recompra pela autoridade monetária. Meirelles destacou que o governo disponibilizou outros R$ 5,5 bilhões para o crédito agrícola.

O presidente do BC enumerou as medidas adotadas até agora pelo BC para fazer frente à crise e destacou que, além dos reais já liberados e dos compulsórios disponibilizados para uso específico, o BC anunciou um programa de liberação de compulsórios que no total pode chegar a R$ 100 bilhões. "São medidas fortes, que atacam os pontos principais, é um processo em andamento, continuamos monitorando rigorosamente, todos os dias", disse. "Temos que atacar com precisão e paulatinamente. Estamos preparados para atuar, se necessário", acrescentou.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG