s ignora crise e criará 10 mil vagas na China - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

McDonald s ignora crise e criará 10 mil vagas na China

Pequim, 5 fev (EFE).- A cadeia de fast-food McDonalds, uma das empresas que de melhor forma encara a crise econômica, anunciou que abrirá 175 restaurantes na China, com o que criará dez mil novos postos de trabalho, informou hoje o jornal local Xin Beijing.

EFE |

Segundo a empresa, apesar da crise global, o McDonald's decidiu lançar na China o que é seu maior plano de expansão em um país já feito pela firma.

"A medida dará maiores oportunidades de cooperação com a indústria alimentícia chinesa", assinalou o chefe executivo do McDonald's na China, Jeffrey Schwartz, citado pela agência de notícias "Xinhua".

A cadeia, com mais de 1.050 restaurantes em cidades chinesas, também anunciou que reduzirá o preço de vários de seus produtos nos estabelecimentos do país asiático. Segundo Schwartz, muito deles chegarão a ser mais baratos em comparação com "uma década atrás".

Em 2008, o lucro da cadeia no mundo foi 80% maior que em 2007, algo que a firma atribui ao fato de que seus restaurantes sejam vistos como uma alternativa a outros estabelecimentos em tempos de crise econômica.

Na China, o McDonald's enfrenta a dura concorrência do KFC, outra das grandes multinacionais do setor, que abriu seu primeiro restaurante no país asiático cinco anos antes (em 1987) e é mais popular entre os consumidores chineses. EFE abc/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG