Tamanho do texto

SÃO PAULO - Atrás nas pesquisas de intenção de voto, o candidato republicano à Presidência dos EUA, John McCain, pediu a seus simpatizantes que ignorem as pesquisas. Nada é inevitável aqui , disse ele num comício no Estado da Pensilvânia.

Ele prometeu não elevar impostos e cortar os gastos do governo, apesar da expectativa geral de mais gastos para estimular a economia americana.

A Pensilvânia é uma das poucas chances de McCain de tirar de Obama um Estado que votou nos democratas nas últimas eleições.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.