Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

McCain buscará independência energética dos EUA se for eleito

Cartagena (Colômbia), 2 jul (EFE).- O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, disse hoje que se for eleito buscará a independência energética do país, já que a alta do petróleo fez com que a riqueza da classe média e trabalhadora dos Estados Unidos fosse para o Oriente Médio.

EFE |

"Os cidadãos americanos têm um desafio hoje, têm que preservar suas casas, suas fontes de trabalho e têm que se adaptar ao crescente custo em espiral do galão de gasolina", disse o aspirante em entrevista coletiva concedida ao término de uma visita de um dia à cidade colombiana de Cartagena das Índias.

McCain assegurou que com o Projeto Lexington, sua estratégia para amenizar os altos custos do petróleo, os EUA embarcarão na busca de uma "independência energética" que permitirá ao país "se libertar" da dependência que têm do petróleo estrangeiro.

"Há muitos fatores que afetam negativamente a economia dos Estados Unidos e o custo do petróleo é só um deles, mas é importante que interrompamos esta transferência de riqueza da classe média e trabalhadora dos EUA para o Oriente Médio", argumentou.

Além disso, indicou que os Estados Unidos retomarão o crescimento da economia, apesar da crise que afeta o país atualmente, e seguirá "sendo uma das grandes nações do mundo", ressaltou.

McCain concluiu hoje uma visita à Colômbia e viajou ao México para se reunir com o presidente mexicano, Felipe Calderón, e analisar a assinatura de um acordo entre os dois países para a luta contra o tráfico de drogas. EFE fer/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG