Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mazda e Isuzu eliminam empregos no Japão

SÃO PAULO - A Mazda Motor anunciou nesta quinta-feira que não renovará o contrato de 500 funcionários que trabalham meio período na fábrica da empresa em Hofu, na prefeitura de Yamaguchi, Japão. A notícia veio após aquela de que 800 funcionários temporários não terão seus contratos renovados em outra unidade, próxima de Hiroshima.

Valor Online |

A fabricante de veículos contrata quase 1,8 mil empregados temporários por ano.

A Isuzu Motors, que fabrica caminhões, ônibus e utilitários esportivos, também comunicou enxugamento de pessoal - a empresa cortará todos os trabalhadores temporários e de meio período. A eliminação de 1,4 mil funcionários ocorrerá até o fim do ano.

Como parte dos cortes, a Isuzu irá dispensar empregados cujos contratos ainda não expiraram, iniciativa considerada incomum no Japão.

As medidas visam a reduzir custos e a fazer frente a uma redução na demanda.

Ontem, a Toyota avisou que parará a produção em suas plantas nos Estados Unidos e Canadá por dois dias em dezembro e eliminará 250 empregados temporários a fim de confrontar a queda nas vendas no território americano.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG