Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

MasterCard fecha 2008 com perda líquida de US$ 254 milhões

Nova York - A empresa de serviços com cartão de crédito MasterCard fechou o exercício de 2008 com uma perda líquida de US$ 254 milhões, incluindo despesas extraordinárias, frente ao lucro de US$ 1,085 bilhão do ano anterior.

EFE |

 

O valor da perda líquida foi de US$ 1,95 por ação, comparado com o ganho de US$ 8 em 2007. A firma contabilizou mais de US$ 2,4 bilhões na resolução de diferentes litígios na Justiça.

Sem as despesas extraordinárias, a firma teria lucro de US$ 1,2 bilhão (US$ 9,45 por ação).

A receita total em 2008 foi de US$ 4,991 bilhões - um aumento de 22,7% em relação ao ano anterior.

No quarto trimestre fiscal, a MasterCard registrou lucro líquido de US$ 239,4 milhões (US$ 1,84 por ação), 21% inferior aos US$ 304,2 milhões (US$ 2,26) do mesmo período do ano passado.

Analistas de Wall Street previam lucro de aproximadamente US$ 1,62 por título.

A receita no quarto trimestre foi de US$ 1,224 bilhão, o que representa um aumento de 14,2% em relação ao mesmo trimestre em 2007. A companhia atribuiu isso a um aumento de 6% nas transações com cartões de crédito, que chegaram a 5,500 bilhões.

As entidades financeiras emitiram 981 milhões de cartões de crédito da MasterCard até o fim do ano, o que representa um aumento de 7,6% em relação a 2007.

"O entorno econômico continua sendo difícil, com empresas, Governos e consumidores no mundo todo repensando como administrar suas finanças", explicou o presidente e executivo-chefe da firma, Robert Selander, em comunicado.

As ações da empresa apresentavam alta de 6% no início do pregão de hoje na Bolsa de Nova York e eram negociadas a US$ 148,82 cada uma.

Leia também:

 

Leia mais sobre lucros


Leia tudo sobre: lucro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG