BRASÍLIA - A senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva afirmou hoje, ao chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF) que teme ocorrências de conflitos em Roraima, dependendo da decisão da Corte sobre a demarcação contínua da Terra Indígena Raposa Serra do Sol.

Já há uma situação de tensionamento. Já houve agressões de alguns fazendeiros, que fizeram milícias armadas para atacar alguns índios.

No entanto, ela disse acreditar nas instituições públicas e na capacidade técnica e ética dos ministros do STF para a decisão.

A ex-ministra também defendeu que a demarcação em ilhas pode gerar uma expectativa nos não-indígenas e abrir precedentes para a invasão das terras quando são identificadas como indígenas e isso é muito negativo.

(Agência Brasil)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.