Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Março registrou menor taxa de desemprego em 12 anos

Segundo pesquisa do Dieese, mesmo com crescimento do desemprego, mês tem melhor desempenho desde 1998

iG São Paulo |

Apesar de o número de desempregados ter aumentado em relação a fevereiro, o mês de março registrou a menor taxa de desemprego dos últimos 12 anos, de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). As informações são da PED (Pesquisa de Emprego e Desemprego) que mostra que, em março, o contingente de desempregados no conjunto das seis regiões onde a pesquisa é realizada foi estimado em 2,7 milhões de pessoas, 149 mil a mais do que no mês anterior.

A taxa de desemprego total cresceu de 13%, em fevereiro, para os atuais 13,7%, mas o movimento é considerado típico para o período. Ainda assim, essa é a menor taxa para o mês de março, desde 1998. O desempenho fez com que a taxa de desemprego aberto aumentasse de 8,9% para 9,7%.

Em março, o nível de ocupação também diminuiu 0,8%, em comportamento esperado para o período. A eliminação de 137 mil ocupações, aliada à relativa estabilidade da PEA (População Economicamente), resultou no aumento do contingente de desempregados, num total de 149 mil pessoas. O total de ocupados nas seis regiões investigadas foi estimado em 17,2 milhões de pessoas e a PEA, em 20,2 milhões.

O desemprego aumentou em Salvador (1,3%), São Paulo (0,9%), Belo Horizonte (0,6%), Distrito
Federal (0,6%) e Porto Alegre (0,4%) e manteve relativa estabilidade em Recife (-0,1%).

Do ponto de vista dos setores, houve aumento do desemprego em Serviços (115 mil ocupações a menos, ou redução de 1,2%), Comércio (-55 mil, ou -1,9%) e Outros Setores (-19 mil, ou -1,3%). Houve contratações na Indústria (31 mil, ou 1,2%) e na Construção Civil (21 mil, ou 1,9%).

Leia tudo sobre: Dieeseempregomarço 2010

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG